Biografia e Vida

Donizetti Tavares de Lima nasceu na cidade de Cássia, em Minas Gerais, no dia 03 de janeiro de 1882. Vindo de uma família de 16 irmãos, era filho do advogado Tristão Tavares de Lima e da professora Francisca Cândida Tavares de Lima.

Estudou em Franca, Sorocaba e no Seminário Episcopal de São Paulo, onde exerceu a função de organista e professor de música. Aos 21 anos já tinha tomado a decisão pelo sacerdócio e matriculou-se no curso de filosofia do Seminário de São Paulo. Completou seus estudos eclesiásticos em Pouso Alegre-MG, local em que tornou-se sacerdote em 12 de julho de 1908.    . 

Exerceu seu ministério sacerdotal em Campanha-MG, Jaguariúna-SP e Vargem Grande do Sul-SP. Chegou a Tambaú em 12 de junho de 1926 permanecendo até seu falecimento, em 16 de junho de 1961.

Padre Donizetti salva imagem da Padroeira do Brasil em incêndio

Assim que assumiu a paróquia, padre Donizetti encomendou a réplica da imagem de Nossa Senhora Aparecida para colocar na Igreja Matriz de Santo Antônio. Em 1929, um incêndio provocado por um curto circuito destruiu completamente a igreja. Das 23 imagens que havia no local restou intacta apenas a imagem da padroeira do Brasil, retirada do incêndio pelo padre Donizetti. Diante do fato o padre prometeu construir um santuário para a Virgem Santíssima. Seu desejo, porém, só foi concretizado após sua morte, aos 79 anos.

A vida do religioso em Tambaú

Padre Donizetti espalhou por Tambaú diversas obras sociais, entre elas destacam-se a fundação do asilo São Vicente de Paulo e da Associação de Proteção à Maternidade e à Infância de Tambaú. Criou também a Congregação Mariana, a Irmandade das Filhas de Maria e o Circulo Operário Tambauense.

O religioso fez voto de pobreza desde sua ordenação sacerdotal e a única coisa que dizia possuir eram livros.  Para ele, a evangelização só alcançava seus frutos através da penitência. Exerceu seu sacerdócio como Jesus, a serviço dos pobres, dos desprotegidos e dos doentes. Viveu de maneira simples e humilde, sempre à disposição do povo.

Sua “fama de Santidade” já em vida, leva até hoje milhares de pessoas ao Santuário Nossa Senhora Aparecida de Tambaú-SP, onde encontram-se seus restos mortais. Na chamada “Casa dos Milagres”, nome dado à residência onde viveu, encontram-se inúmeros objetos deixados por pessoas que alcançaram uma graça. Atualmente o padre está em processo de beatificação junto ao Vaticano.



comments powered by Disqus