20 de Julho, 2018

Leigos são chamados a evangelizar durante Semana Missionária

Iniciativa acontece de 22 a 28 de julho, em comunidades, paróquias e dioceses de todo o país

Ao proclamar o Ano Nacional do Laicato, vivenciado de 26 de novembro de 2017 a 25 de novembro de 2018, com o tema “Cristãos Leigos e Leigas, sujeitos na Igreja a saída, a serviço do reino”, a Igreja no Brasil convocou os cristãos leigos a testemunhar, com a vida e ações concretas, Jesus Cristo fora dos espaços das Igrejas.

Para celebrar a presença e o serviço do cristão leigo no Brasil e aprofundar sua identidade, vocação e espiritualidade, a Comissão Especial para o Ano do Laicato da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) propôs uma série de atividades e orientações metodológicas para as dioceses, paróquias e prelazias.

Uma dessas atividades é a Semana Missionária Igreja em Saída, cuja proposta é justamente levar fé e testemunho cristão às pessoas que não conhecem o Evangelho, bem como refletir sobre o serviço cristão ao mundo. A iniciativa será realizada de 22 a 28 de julho, em comunidades, paróquias e dioceses de todo o país.

O presidente da Comissão do Ano do Laicato da CNBB, dom Severino Clasen, declara que a Semana Missionária busca fazer com que os cristãos leigos não só permaneçam dentro das igrejas, mas também levem o Evangelho para fora dela. O bispo de Caçador (SC) nota que é importante considerar a todos, especialmente aqueles que não vivem o Batismo e a vida eclesial.

Desse modo, dom Severino observa que a Semana Missionária nasce dentro da perspectiva do Papa Francisco: de ser uma Igreja em Saída, assumindo um novo jeito de anunciar Jesus Cristo na sociedade. “A chave principal da Semana é conhecer Jesus Cristo, uma tentativa de mostrar quem é Jesus de Nazaré, viver sua mensagem, viver o Evangelho e testemunhar, através de ações concretas, para poder aderir o espírito que Ele veio anunciar”, conclui o bispo.


Fonte: Amex, com CNBB


comments powered by Disqus