14 de Março, 2018

O Pai Nosso é a oração dos filhos de Deus, diz Papa

A oração do Pai Nosso esteve no centro da catequese de Francisco na Audiência Geral de hoje

A oração do Pai Nosso, como parte da Liturgia Eucarística da Santa Missa, foi tema da catequese do Papa Francisco na Audiência Geral desta quarta-feira, 14. O tradicional encontro voltou a ser realizado na Praça São Pedro, após ter decorrido, durante algumas semanas, no auditório Paulo VI, devido ao frio intenso que marcou o inverno em Roma.

“O Pai Nosso não é uma das tantas orações cristãs, mas a oração dos filhos de Deus, a grande oração. Foi Jesus que nos ensinou o Pai Nosso, pois faz ressoar em nós os mesmos sentimentos de Jesus Cristo. Quando nós rezamos o Pai Nosso, rezamos como Jesus rezava”, disse o Papa.

O Santo Padre questionou quem reza o Pai Nosso sem a consciência de rezar a Deus e ressaltou que a intimidade com o Pai vem do Espírito Santo. “Quantas vezes existem pessoas que dizem Pai Nosso, mas não sabem o que dizem. (...) Tu sentes que quando dizes Pai ele é o Pai, o teu Pai, o Pai da humanidade, o Pai de Jesus Cristo? Tu tens uma relação com este Pai? (...) Quando nós rezamos o Pai Nosso, nos ligamos com o Pai que nos ama, mas é o Espírito que faz esta ligação, este sentimento de ser filhos de Deus”.

O Pai Nosso predispõe ao amor fraterno e ao comprometimento de perdoar o outro, observou Francisco, assinalando que perdoar quem ofende não é fácil. “É uma graça que devemos pedir”, disse.

Referindo-se ao gesto da paz, ele apontou que “a paz de Cristo não pode arraigar-se em um coração incapaz de viver a fraternidade e de recompô-la depois de tê-la ferido. A paz dá o Senhor. Também o Senhor nos dá a graça de perdoar aqueles que nos ofenderam”.

“Não esqueçamos a grande oração, aquela que ensinou Jesus, e que é a oração com a qual ele rezava ao Pai. E esta oração nos prepara para a Comunhão”, concluiu o Papa, convidando os 14 mil fiéis a rezarem juntos o Pai Nosso.


Fonte: Amex, com Rádio Vaticano


comments powered by Disqus