08 de Janeiro, 2020

Mineira é curada de problemas nas pernas através da intercessão do Beato Donizetti

Maria de Lourdes Modesto Gonçalves veio de Minas Gerais a Tambaú (SP) cumprir seu voto após graça alcançada por intercessão do novo Beato brasileiro

Maria de Lourdes Modesto Gonçalves, 78 anos, reside em Guaranésia (MG) e visitou o Santuário Nossa Senhora Aparecida de Tambaú, no Estado de São Paulo, no dia 9 de novembro de 2019 para agradecer uma graça alcançada, segundo a devota, por intercessão do Beato Donizetti.

A mineira contou em seu testemunho que no mês de fevereiro de 2019 surgiram algumas feridas em suas pernas, que minavam água e, por este motivo, procurou a ajuda de 4 médicos, que constataram que os vasos sanguíneos haviam estourado e, desde o diagnóstico, tentou seguir o tratamento indicado, porém sem sucesso. Então, já em um momento de desespero, a devota recorreu ao Beato. “Pedi a ele que me iluminasse, para aparecer um médico que resolvesse, diante da gravidade do problema. Foi aí que surgiu uma médica, a qual após análise minuciosa disse que realmente estava correndo um risco muito sério tal a gravidade da lesão. Com o tratamento indicado por ela, fui melhorando consideravelmente. Ao mesmo tempo, rezava o terço pedindo ao Beato para me curar. Hoje, estou completamente curada e vim aqui agradecer a ele por tudo o que propiciou em minha vida”, relatou a guaranesiana.

Após participar da celebração da Santa Missa no templo mariano de Tambaú, Maria visitou a Casa do Padre Donizetti com o propósito de cumprir seu voto. Alegre com a cura de sua enfermidade, a devota recordou que se sentia feliz em poder estar na cidade de fé agradecendo ao novo Beato brasileiro. “Cheguei a um ponto onde não conseguia nem andar e muito menos tomar banho”, recordou Maria de Lourdes.

Ao se despedir do Santuário de Tambaú com destino à sua cidade, a devota relatou que só tem o que agradecer ao Beato, ao qual é muito devota, e reforçou suas intenções sobre a canonização do religioso. “Vou continuar minhas orações, agora pedindo pela sua canonização, porque uma pessoa que ajuda tanta gente tem que ser reconhecida pela sua vida de santidade”, encerrou a dona de casa.

Por: Amex, com Santuário de Tambaú
Testemunho Tambaú - Maria de Lourdes Modesto Gonçalves