28 de Abril, 2015

Família recebe graças através de Pe. Donizetti

Dona Maria Aparecida acompanhada do senhor Dorival estiveram mais uma vez visitando a casa/museu do Pe.Donizetti e participaram da celebração eucarística no Santuário
Uma família abençoada por Deus é o que podemos dizer do casal Dorival Seguetto e Maria Aparecida de Lourdes Ferreira Seguetto, residentes no bairro Ipiranga, em Ribeirão Prêto-SP.
              Quando tinha 7 anos o irmão de dona Maria Aparecida, Carlos Altair Ferreira, foi acometido de reumatismo que o deixou entrevado. Ele não andava e o remédio para a doença atacava o intestino. A mãe Docelina Pereira fez o pedido de cura ao Pe.Donizetti e foi atendida: ele foi curado e hoje está com 62 anos. Para alegria de Carlos, depois de alguns anos deste fato, ele tomou a bênção do Pároco quando colocaram a pedra fundamental do Seminário de Brodósqui.
             Outra graça alcançada foi com a filha da dona Maria Aparecida. Ela deveria passar por uma cirurgia no pulmão; porém, no dia marcado não compareceu porque não queria fazer aquela operação. Diante da situação aflitiva, a mãe fez a promessa ao Pe.Donizetti e ela não necessitou mais realizar aquela cirurgia. "Foi uma bênção de Deus", diz ela.
             Todos os anos eles fazem questão de se dirigir a Tambaú para agradecer ao Pe.Donizetti e a Nossa Senhora Aparecida pelas graças alcançadas. É uma família muito feliz com as bênçãos Divinas em seu lar.
             Como dizia Santo Agostinho: “Ó Senhor, abençoai aqueles que Vos amam, que amam aos amigos em Vós e os inimigos por Vossa causa.”
              Dona Maria Aparecida acompanhada do senhor Dorival estiveram mais uma vez visitando a casa/museu do Pe.Donizetti e participaram da celebração eucarística no Santuário Nossa Senhora Aparecida. Ao se despedir ela disse: ”Gosto muito de vir aqui, me sinto muito bem neste local abençoado. Sou testemunha dos milagres que Deus realiza em nós, através deste “Santo” chamado Donizetti. As curas realizadas em minha família são uma grande prova disso. Obrigado, Pe.Donizetti.”