12 de Junho, 2017

Há 91 anos, Padre Donizetti chegava a Tambaú

O dia 12 de junho de 1926 marcou o início da grande história do sacerdote no município paulista

Na manhã do dia 12 de junho de 1926, há exatamente 91 anos, chegava a Tambaú (SP) o novo pároco da Paróquia Santo Antônio: Padre Donizetti Tavares de Lima, um homem simples, que carregava uma pequena maleta e um chapéu.

Seu primeiro ato na cidade foi um grande sinal de como seria seu sacerdócio junto ao povo tambauense. Assim que chegou, Padre Donizetti foi à Igreja São José, onde se ajoelhou e rezou diante do altar. Quando viu que os primeiros bancos da Igreja estavam reservados aos políticos e ricos, retirou todas as demarcações, dizendo: “Aqui dentro da Igreja, somos todos iguais. Não existe rico ou pobre, poderoso ou humilde”. Somente após olhar para Deus e seu povo, seguiu para sua casa para deixar seus poucos pertences.

Sua posse ocorreu no dia 13 de junho, dia de Santo Antônio, padroeiro do município de Tambaú, durante a habitual missa às 11 horas.

A vida do sacerdote em Tambaú

Em razão de seu voto de pobreza, Padre Donizetti viveu de maneira muito simples e humilde, sempre à disposição do povo. Em Tambaú, morava em uma casa modesta, com o mínimo de mobília e utensílios, em meio aos livros, única coisa de dizia possuir.

Padre Donizetti exerceu seu sacerdócio a serviços dos pobres, desprotegidos e doentes. Fundou em Tambaú diversas obras sociais, como o Asilo São Vicente de Paulo e a Associação de Proteção à Maternidade e à Infância de Tambaú. Além disso, criou a Congregação Mariana, a Irmandade das Filhas de Maria e o Círculo Operário Tambauense.

Sua vida no município paulista foi marcada por grandes acontecimentos. Na década de 1950, Padre Donizetti ficou conhecido como o “padre milagreiro de Tambaú” em virtude de graças, conversões e milagres de curas atribuídos à sua intercessão, e que o mesmo atribuía a Nossa Senhora Aparecida, por quem nutria amor e devoção ímpares. Fiéis e romeiros de todo o Brasil viajavam a Tambaú para pedir uma bênção especial e agradecer as graças alcançadas.

Padre Donizetti faleceu no dia 16 de junho de 1961, às 11 horas e 15 minutos, na Casa Paroquial de Tambaú, hoje Casa Museu de Padre Donizetti, aberta à visitação. O enterro aconteceu no dia 17 de junho e contou com a presença de parentes, autoridades, padres, freiras, fiéis e imprensa.

Por: Daniele Castro/AMEX